.comment-link {margin-left:.6em;}

1.3.07

Nos jornais - "Árvores foram podadas por recomendação de estudo da UTAD"

No Jornal de Notícias por antónio orlando :

«Cidade ficou "despida" de árvores

Quem por estes dias visitar a cidade de Amarante notará, por certo, algo de estranho na paisagem. Num olhar mais atento, rapidamente chega à conclusão de que a paisagem mudou porque as bem conhecidas árvores foram "despidas". Oficialmente, a explicação é que estão doentes. Mas quem passa nas ruas lamenta a sua morte. Amadeo de Souza-Cardoso por certo também "já reparou" que algo de estranho se passa.
Na praça que acolhe a estátua e o museu do célebre pintor, três tílias foram deitadas abaixo por ordem da Câmara. Do outro lado da ponte de S. Gonçalo, outrora fatalmente atravessada pela tropas francesas, o parque das tílias da Casa da Calçada levou "uma poda radical". As cinco árvores estão, agora, perfiladas, sem um único ramo.
Talvez a chegada da Primavera lhes traga algumas folhas. "Toda a poda foi feita com acompanhamento de pessoas habilitadas, no caso pelo Parque de Serralves", explicou, ao JN, Aguiar Branco, administrador da Casa da Calçada. O responsável garante que não faz qualquer sentido dizer-se que a poda radical tem a ver com as vistas do terraço da estalagem . "Isso não faz parte da nossa maneira de estar".
A replantação, a acontecer, será "sempre com acompanhamento técnico", acrescenta. A Câmara "lamenta", porém, ter abatido três árvores na Alameda de Teixeira de Pascoaes.
"A decisão decorre de um estudo da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que avaliou o seu estado e concluiu da necessidade do abate, em virtude da sua precária estabilidade". As árvores - um carvalho, uma tília e um castanheiro da Índia - situavam-se em zonas pedonais e de estacionamento, "pelo que poderiam pôr em causa pessoas e bens". »

Etiquetas: ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


referer referrer referers referrers http_referer